15 Razões para escolher um coelho de chocolate (em vez de um coelho de verdade) para a Páscoa!

80% dos coelhos comprados paraserem presentes de Páscoa nunca chegam ao seu primeiro aniversário.

670px-Name-Your-Bunny-Step-2

A compra dos coelhos para as crianças em cada Páscoa é uma moda que as equipes de resgate em todo o mundo gostariam que acabasse. Quando a Páscoa passa, os pais percebem o que realmente fizeram, acabando por abandonar os novos “membros da família”, senão dão um destino pior ainda.

 

Por favor, tenha em mente que ao levar um coelho para casa, você não está escolhendo um presente e sim aumentando a sua família. Pense bem se o seu filho está pronto para a responsabilidade de um animal de estimação. Aliás, quando se tratam de crianças pequenas (menos de seis anos), não se deve escolher coelhos de estimação. Coelhos não são amigos de crianças menores de seis anos.

 

Não queremos desestimular a adoção, pois temos MUITOS coelhos precisando de lar. Este texto é para ensinar a responsabilidade que vem com esse foforucho, e também para diminuir as compras por impulso. Então leia 15 razões para repensar a compra de um coelhinho como presente de Páscoa.

 

1. Coelhos fazem cocô cerca de 300 vezes por dia.

 

Sim, isso é um monte de cocô. E é necessário, porque cocô é a parte mais importante para ajudar os humanos companheiros a entender o que se passa com o coelho. Aliás, existem até guias para saber se o cocô do coelho está normal ou não!

 

2. Os coelhos são um compromisso de 10-15 anos.

 

Graças aos bons cuidados, a expectativa de vida de um coelho aumenta Em geral, eles vivem de 5 a 10 anos, e em alguns casos, de 10 a 15. Isso é um grande compromisso! Pense que o seu coelhinho vai fazer parte de sua vida por todo este tempo.

 

3. Eles exigem uma dieta rigorosa e bem equilibrada.

 

Devido à natureza frágil dos coelhos com relação ao trato digestivo, eles devem ter uma dieta que seja adequado às suas necessidades específicas. Uma criança não é capaz de dar a atenção e tempo adequado para as necessidades específicas de um aparelho digestivo coelhos e requisitos de dieta. Está será responsabilidade dos pais.

 

4. Estase Gastrointestinal.

 

Estase Gastrointestinal são duas palavrinhas muito temidas para toda comunidade de papais e mamães de coelhos. Estase Gastrointestinal acontece quando o aparelho digestivo do coelho começa a desacelerar por uma infinidade de razões, tornando o coelho letárgico e deprimido, levando a óbito se não percebido imediatamente. Por isso, é extremamente necessário prestar atenção à dieta do coelho.

 

5. Eles exigem cuidados veterinários especiais e exames anuais.

 

Coelhos exigem veterinários de silvestres e exóticos para tratá-los quando estão doentes. E estes profissionais não são comuns. A maioria das clínicas certamente não terá um veterinário de exóticos na equipe. Além disso, a dificuldade de se obter atendimento fora do horário de atendimento irá requerer que os donos precisem ter algumas noções básicas de como manter vivo seu coelho, em uma emergência. Você está disposto a ficar acordado a noite toda forçando alimentação e água por uma seringa? Forçando-os a correr para que saiam da letargia? Até que possam ser atendidos às 8h da manhã?

 

Eles também exigem exames anuais, como qualquer outro animal de estimação. Estes exames anuais são extremamente importantes para manter uma boa saúde em seu coelho porque eles são extremamente talentosos em esconder doenças. Por serem animais assintomáticos, em muitos casos você só vai perceber que o seu coelho tem algum problema quando estiver próximos da morte. Prevenir doenças com alimentação e cuidados adequados, bem como detectá-las precocemente, irá ajudar a evitar a morte de seu coelho, bem como diminuir os gastos com veterinário.

Momento “Jabá”
Aliás, quem cuida dos coelhos da Adote Um Orelhudo é a Green Cross. São profissionais maravilhosos, realmente comprometidos com o bem-estar animal. Graças a eles, nossas contas não ultrapassam o valor alto que já temos. Eles fazem muitos descontos e nos ajudam muito. Por isso, fazemos nosso jabá para eles, são ótimos e merecem 🙂  I love Green Cross

Link para a fanpage da clínica:
https://www.facebook.com/pages/Green-Cross-Veterin%C3%A1ria/473654062671243?fref=ts

 

6. Os coelhos bebês não são cute-cute após 8 semanas de idade.

 

Coelhos bebês são as coisas mais gracinhas, lindas e fofas da terra <3. São queridinhos, docinhos, brincalhões… No entanto eles crescem…. E entram na temida e difícil e terrível ADOLESCÊNCIA… Aí, aquela bolinha fofa e cheia de amor se torna o demônio mais terrível da sua casa… Aliás, é nessa época que costumam haver mais abandonos. Muitos proprietários de coelhos não sabem que isso é uma fase e passa, mas vamos explicar melhor.

 

Ao chegar no quarto mês, que é a maturidade sexual dos coelhos, eles se tornam adolescentes. É uma fase que costuma passar entre oito meses de vida e um ano. Até lá, os coelhos viram as criaturinhas fofinhas de Satan. Costumam morder, desobedecem, fazem xixi para marcar território. O meu Oliver era tão terrível, que chegava a dar salto mortal de xixi, para atingir o teto… E conseguia!

 

Mas eles continuam te amando…. Acredite! Depois que passar essa fase, vocês terão um amor muito forte desses peludinhos.

 

Uma maneira, aliás muito recomendada para acabar com esse problema da adolescência, é castrar. A castração elimina todos os seus problemas praticamente na hora. Aliás, é uma ótima decisão, pois irá ajudar na saúde de seu coelho para o resto da vida.

 

 

7. Castrar é sempre o melhor caminho!

 

Os coelhos podem ser esterilizados e castrados normalmente a partir dos quarto mês de idade. Isso elimina a possessão demoníaca chamada adolescência que vai acometer o seu fofinho hehehehe…..

 

Coelhas fêmeas têm 85% de chance de desenvolver câncer de útero até os quatro anos de idade. Esterilizá-las irá eliminar esse risco.

 

Não é comum haver castração social para coelhos, já que no Brasil há poucos projetos, abrigos e ONGs que cuidem especificamente de orelhudos. E os preços variam muito de cidade para cidade. Não temos como fazer um guia para vocês, infelizmente. Mas sempre recomendamos a castração. Aumenta a expectativa e a qualidade de vida, bem como evita bebês indesejados, caso vocês tenham um casal.

 

 

8. Coelhos JAMAIS devem ficar confinados em gaiolas.

 

A maioria dos novos papais e mamães de coelho, principalmente os que compram por impulso, acabam comprando gaiolas. Isso é bom para o dono da Petshop, mas é um erro terrível para o coelho. Coelhos não são ramisters. Coelhos são coelhos. Você prenderia um gato numa gaiola? Um cachorro em uma gaiola? Essa regra se aplica para os coelhos.

 

Vocês podem fazer um ambiente e um cercadinho, podem ter uma sacadinha pra eles ficarem… Mas não podem jamais prendê-los. Eles precisam correr, é extremamente necessário. Na Adote Um Orelhudo, já recebemos coelhos com fraturas por causa do confinamento.

 

Aliás, sempre solte ele pela casa, nem que seja por uma horinha. É importante para ele ser recebido como um membro da família. Nem que ele fique deitadinho debaixo da cama, ouvindo conversa. Aliás, eles adoram ouvir conversa… São bem fofoqueirinhos hehehehe….

 

 

9. Coelhos crescem. Seu peso pode variar de 1,5 kilos para até 11 kilos!

 

Nem todos os mini coelhos na realidade são minis. A maioria dos minis costuma ter 3 kilos. Os de porte médio chegam 5,5 kilos, e os gigantes até 11 kilos! Aliás não tenha preconceito com as raças maiores. Por incrível que pareça, eles costumam ser bem dóceis, inteligentes, dorminhocos, espertos… Aquele bebezinho fofinho, que dorme na palma de sua mão, pode se tornar um gigante!

 

 

10. Os coelhos precisam de socialização, atenção e brincadeiras.

 

Coelhos são criaturas extremamente sociais. Eles vivem em grupos organizados, sendo que uns dependem dos outros para sobreviverem. No entanto, muito poucos novos pais e mães de coelhos sabem disso. Aliás, eles não sabem nem como lidar com o coelho, quais os gestos de pedir carinho, atenção, brincadeiras, ou quando querem apenas serem deixados em paz. Não sabem nada mesmo. Inclusive , estamos preparando um guia de “coelhês” para ajudar a entendê-los. Em breve colocamos no site 😀

 

O laço de amizade com seu coelho será profundo e para o resto da vida, mas são totalmente diferentes de um gato ou cachorro. Mas uma simples pesquisada no Google já ajuda a entendê-los. Você vai se surpreender muito! Pesquisar e entender ele vai evitar frustação para você e para ele. Acredite, ele vai ficar extremamente triste se você não entendê-lo.

 

Essa tristeza é extremamente perigosa para o seu coelho. Coelhos morrem de depressão, e isso é sério. É comum, inclusive, quando um coelho perde seu companheiro e companheira, entrar em profunda depressão e até morrer.

 

Portanto, você está levando um animal que vai ser extremamente ligado a você, pelo resto da vida. Mesmo que não pareça, mesmo que ele fuja. Você vai ser “a coisa humana” mais importante da vida dele. Aprenda e entenda seu coelho. Faça-o feliz, que isso vai fazê-lo feliz também! Você precisará brincar com ele, estimular ele mentalmente e fisicamente.

 

 

11. O exercício diário é importante.

 

Coelhos exigem um mínimo de 4 horas de atividade por dia – de preferência quando eles estão mais despertos, ao entardecer e amanhecer. Eu tenho uma coelha me acorda todos os dias, pulando do alto (ela é ninja!) até no meu peito. Ela ainda quebra minhas costelas :/ Cada um deles vai ter um hábito, uma barda, uma manha. É muito particular de cada coelho. Tem coelhos que amam brincar de esconde-esconde, outros de pega-pega… Só convivendo para saber.

 

12. Eles exigem rotina.

 

Coelhos prosperam na rotina. São animais que dependem de rotina para a sua saúde, bem como para a sua segurança. Mexer com sua rotina causas stress. O estresse faz com que sejam mais suscetíveis à depressão e outras doenças.

 

13. Os coelhos são frágeis.

 

Coelhos são criaturas frágeis, não só fisicamente, mas mentalmente também. Eles exigem maneiras especiais de manipulação para ajudar a manter o seu stress mais baixo possível. A maioria dos coelhos não lida bem com ruídos altos e movimentos rápidos também. E, infelizmente, a sua primeira reação ao medo é chutar ou morder.

 

Os coelhos têm chutes extremamente poderosos. Quando um coelho está sendo tratado de forma abusiva, eles podem dar um chute tão forte que parte a sua coluna. Temos na Adote coelhos que fraturaram suas espinhas no lar original e exigem acompanhamento especial para o resto da vida. Coelhos morrem de susto também. Todo o cuidado é pouco com eles.

 

14. Os coelhos devem permanecer dentro de casa em um ambiente com temperatura controlada.

 

Coelhos precisam de um clima temperado constante. Calor intenso pode matar um coelho. Então, sempre recomendamos que eles fiquem dentro de casa, e não fora. Você precisa tomar cuidado com o alojamento de seu coelho. Deve manter limpo, arejado, longe da chuva, vento, frio, barulho e calor intenso. E de preferência, dentro de casa, perto da família. Eles vão amar!.

 

15. Eles estão membros de sua família. Trate-os como tal!

Eles vão causar pequenas destruições, principalmente roendo fios e cantos de móveis. Podem demorar para se acostumar a usar o banheirinho. Podem ser rebeldes, ter medo e até brigar. Mas nunca se esqueça, ele vai ser membro da sua família e você deve respeita-lo. Então, pense muito bem e não compre por impulso. Não faça esses animais sofrerem com maus-tratos e com a dor da separação de sua família. Muitas vezes, eles amam a família, e são rejeitados por ela. Isso é muito triste! Mais triste ainda é eles terem um fim pavoroso, que é o que acontece com a maioria dos animais comprados na Páscoa. Dê um final feliz para eles, não permita que sofram!

 

E principalmente, não compre: Adote!!! Temos muitos aqui na Adote aguardando um lar. Mas faça uma escolha consciente. É um amor para o resto da vida.

Traduzido e adaptado do seguinte post (em inglês): http://www.thebunnychick.com/2015/03/17/choose-chocolate-rabbit-instead-real-easter-bunny/