requisitos para adoção de coelho

Questionário para adoção

Recomendações para quem está doando

Pessoal,  cuidado com a doação, entrevista cada um dos interessados para ter certeza que ela não irá virar alimento para cobras, sacrifício em ritual ou mesmo presa por uma vida toda. Cuidado com quem tem outros animais, alguns cães e gatos podem atacar coelhos. Crianças é outro cuidado, tem q orientar os pais que coelho não é animal de colo.

Todo o cuidado é pouco! Confiem nos seus instintos! Muitas pessoas se passam por bons adotantes, mas querem coelhos para finalidades cruéis. O mais comum que recebemos:

  • Para alimentar cobras (o que é proibido e considerado maus tratos).
  • Crianças que querem procriar (e jogar fora quando ficam crescidinhos).
  • Para sacrifícios religiosos.
  • Para abate e consumo de carne / pele.

Por isso somos muito rígidas na entrevista e no processo de adoção. Pedimos paciência, mas se vocês forem boas pessoas, vão entender que é pelo bem do coelho.

Questionário para adoção

Além disso recomendamos que todos os entrevistados respondam previamente ao questionário que vamos disponibilizar para download. O questionário é extenso e ajuda a analisar cada candidato. Se a pessoa não tem paciência para respondê-lo, certamente será um péssimo adotante.

Para quem for adotar pela Adote um Orelhudo e está interessado em ter um coelho, faça download do questionário e envie respondido para o e-mail:

adoteumorelhudo@gmail.com.

requisitos para adoção de coelho

 

 

 

Adote com Consciência!

Quando pensar em ter um coelhinho pense primeiro se tem condições para o ter, certifique-se de que todos os membros da família estão de acordo, preocupe-se primeiro em saber os cuidados que terá de ter com o coelhinho e os gastos que isso implica, e principalmente não o abandone pois ele estará consigo nos bons e maus momentos e cabe-lhe a si fazer o mesmo.

Coelhos são animais de companhia e nenhum deles será doado para outros fins. Por isso, quem quiser adotar um coelho deverá atender a alguns requisitos:

01) Ter um espaço adequado para acolhê-lo, que seja seguro, espaçoso, onde o coelho possa brincar em liberdade e se proteger do frio, chuva e sol forte.

02) Morar na grande Florianópolis (São José, Palhoça, Santo Amaro da Imperatriz).

03) Assinar um termo de responsabilidade, assegurando que o coelho receberá todos os cuidados necessários e caso suceda algum problema, que não será abandonado, mas sim encaminhado de volta para adoção.

“Pode alguém considerar um ser vivente como propriedade, investimento, um pedaço de carne, uma coisa, sem degenerar em crueldade contra essa criatura? ”  – Karen Davis, PhD (Prisioned Chickens, Prisioned Eggs; 1996 )

INFORME-SE
www.obafloripa.org
www.pea.org.br